About Me

quinta-feira, 10 de maio de 2018

Vocês já realizaram algum sonho?

| |

Vocês já realizaram algum sonho?

Eu acho que eu sim.


Há alguns anos, eu acabei indo para a UFAM sem querer. Só dei uma passadinha lá dentro – tanto que a lembrança que eu tenho dela é bem diferente do que ela é hoje. Eu e a minha mãe estavámos a caminho da I (e única) Bienal do Livro – Amazonas e o ônibus que nos levaria ao Studio 5, 352, passaria por dentro da UFAM. Hoje ele não passa mais no Studio 5, a rota dele acaba na UFAM e de lá, o percurso é apenas o retorno.

                Eu e a mamãe ficamos horas no T3, umas mil, mais ou menos. Eu estava bem animadinha porque era a primeira Bienal que eu ia. Primeiro evento at all sobre livros que eu ia. Criei um pseudo crush num universitário lá – afinal, eu tinha 14 anos e já era época de eu ter as minhas paixões de ônibus, ok? E lá fomos nós... Embarcamos e foi tão bom.

                Entramos na UFAM e foi bem rápido. Super mesmo. Eu só lembro de uma volta e muita floresta. E eu amei isso. Senti um frescor, parecia tão acolhedor...

                Eu não me lembro se eu sabia se lá era a UFAM, se sabia que lá era uma Universidade e tudo mais. Eu lembro que o que me fez despertar o desejo que ir para a faculdade foi ver o meu vizinho se despedindo da mãe com um “Tchau, mãe, tô indo pra faculdade”. Em paralelo, eu estava acompanhando uma série de desafios da Ana Maria Braga com publicitários – e o curso em questão do meu vizinho era Publicidade, fiquei completamente encantada.

                Anos depois, eu me toquei que aquele lugar que eu fui era a UFAM e eu teria que perder minha sanidade, engordar 20 quilos e estudar muito para entrar. Consegui com muito choro. Eu nem fiquei feliz com a minha aprovação – estava tão louquinha... Mas eu entrei lá, como aluna, e foi a sensação do sonho realizado. Olhar para aquelas árvores, passear de Integração e respirar fundo e saber que eu estava vivendo o que a minha eu-do-ensino-médio sonhou por tanto tempo
.
                Às vezes sempre bate um desânimo, a autoestima cai, choro um pouquinho, me sinto medíocre. Mas eu tenho meu espaço lá e é por ele que eu vou continuar estudando, me mantendo periodizada e buscando alcançar meus objetivos.
                Ok? Ok.

Me cobrem isso.

Obs: eu queria escrever algo pra cá. Tá desconexo. Mas é uma lembrancinha gostosa.